sáb., 02 de nov. | Galeria Municipal de Arte de Balneário C

CONFERÊNCIA SOBRE DRAMATURGIA + OFICINA "WHEN VACAS FLY"

Ação vinculada ao espetáculo "When vacas fly (ou quando as vacas voam)". Conversa sobre dramaturgia, com Jussara Xavier e oficina de criação cênica com Beatriz Gonçalves e Thaina Gasparotto.
este é um evento aberto e gratuito. nos vemos em breve!
CONFERÊNCIA SOBRE DRAMATURGIA + OFICINA "WHEN VACAS FLY"

HORÁRIO E LOCAL

02 de nov. de 2019 15:00 – 19:00
Galeria Municipal de Arte de Balneário C, Rua 300, 19 - Centro, Balneário Camboriú - SC, 88330-670, Brasil

SOBRE O EVENTO

  • Às 15h00: Conferência performada, com Jussara Xavier (assessoria dramatúrgica do espetáculo).

Costurando variados gestos de fala – entre ação e reflexão, propõe olhar para o trabalho dramatúrgico na construção do espetáculo. Um processo partilhado de pensamentos sobre estratégias criativas e a função da dramaturgista no plano compositivo.

  • Às 17h00: Oficina "When vacas fly", com Beatriz Gonçalves e Thaina Gasparotto (concepção e atuação do espetáculo).

Através de exercícios explorados para compor o trabalho, serão compartilhados pensamentos, questionamentos e estímulos que busquem a compreensão em cada corpo que experimenta os ciclos de questionamentos inesgotáveis propostos para criação do espetáculo "When vacas fly (ou quando as vacas voam)".

---

Sobre Jussara Xavier:

Licenciada em Artes (Claretianos), Bacharel em Administração (UFSC), Especialista em Dança Cênica (UDESC), Mestre em Artes - Comunicação e Semiótica (PUC/SP), Doutora em Teatro (UDESC), Pós Doutora em Filosofia (UFSC). Professora substituta da Graduação em Dança (FURB), responsável pelas disciplinas: Composição coreográfica; História da Dança no Brasil; Teoria e prática pedagógica da dança contemporânea I e II; Teoria e prática pedagógica da dança moderna. Leciona a disciplina Consciência corporal e exploração do movimento na Licenciatura em Música (FURB). Responde pela coordenação de programação e curadoria do Festival Internacional Múltipla Dança (2006- atual); coordenação e curadoria do projeto Tubo de Ensaio (2001-atual). Foi coordenadora dos Seminários de Dança do Festival de Dança de Joinville (2016-2017). De 2011 a 2016 foi professora colaboradora da Graduação em Teatro (UDESC). Coordenadora e produtora dos projetos Laboratório Corpo e Dança (Florianópolis, 2013; Joinville, 2008 e 2009) e Laboratório das Artes do Corpo (Garuva, 2011-2012). Pesquisadora e redatora de verbetes para a Enciclopédia Itaú Cultural de Arte e Cultura Brasileiras, área dança, Instituto Itaú Cultural (SP, 2011-2012). Crítica de dança do jornal A Notícia (2001-2010). Gestora de projetos, Coordenadora técnica de espetáculos, Professora e Produtora na Escola do Teatro Bolshoi no Brasil (Joinville, 2001 a 2008). Realizou a concepção e direção de espetáculos de teatro e dança, como Mais sobre aquilo que prefiro acreditar que seja agora (2016); Ignorãça (2015); Assemblage (2013); Com-posições. Planos para criação do (in)comum (2012); Nós (2011); Retrato do outro (2009) e Auto-retrato (2008). Nas décadas de 1980 e 90, dançou nos grupos Cena 11 (SC) e Raça (SP). Publicou os livros Grupo Cena 11. Dançar é conhecer (2015); Acontecimentos de dança: corporeidades e teatralidades contemporâneas (2013). Coorganizadora dos livros 1, 2, 3 e já! A criança pinta, borda e dança. Seminários de Dança (2018); Dança não é (só) coreografia. Seminários de Dança (2017); Tubo de Ensaio. Composição [Intervenções + Interseções] (2016); Histórias da Dança. Coleção Dança Cênica vol. 2 (2011); Pesquisas em Dança. Coleção Dança Cênica vol. 1 (2008); Tubo de Ensaio. Experiências em Dança e Arte Contemporânea (2006). Responsável pela pesquisa, realização e direção do Documentário Ballet Desterro: Contemporaneidade na Dança Catarinense (2010). 

Sobre Beatriz Gonçalves e Thaina Gasparotto:

Trabalham juntas desde 2017 - quando se conheceram, durante a Licenciatura em Teatro da Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC). Pesquisam teatro, dança, produção artística e cultural. São responsáveis pela concepção e produção do evento "Mostra Camaleoa - Mulheres Fazendo Arte", realizado em suas duas edições na cidade de Balneário Camboriú, nos anos de 2018 e 2019, através da Lei de Incentivo à Cultura. Seu mais recente trabalho, intitulado "When vacas fly (ou quando as vacas voam)", trata da criação de uma experiência cênica, onde exploram a linguagem do teatro e da dança através da concepção e atuação no trabalho, também patrocinado pela Fundação Cultural de Balneário Camboriú, através da LIC (2019). Juntas, formam o "Las Camaleoas".

COMPARTILHAR